terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Amigo Secreto




Recebi uma carta do asilo em que meu tio viveu seus últimos anos. A dona do lar não cansou de elogiar suas qualidades, seu sorriso sempre aberto, a elegância com que tratava as pessoas, a disposição de ajudar nas tarefas administrativas e tudo mais. A descrição é contrastante com outras que ouvi dele. Lembro de uma história que me contou em nossa última viagem até a tríplice fronteira. A história de uma festa de final de ano na empresa dirigia. ...

Sigam o link acima para encontrar o final da narrativa no Histórias Possíveis de Natal.

12 comentários:

  1. É bom que falem bem de nós...quando partirmos!!
    Teremos deixado um rasto de luz por stes caminhos...
    Feliz Natal!
    Um beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  2. Djabal, segui o link para não perder o fio da leitura, e encontrei um episódio cheio de substância humana, seu tio ao centro. Primorosamente descrito, também.
    Forte abraço, boas festas

    ResponderExcluir
  3. Amigo,

    Lembrei muito do meu pai, enqto lia. Ele é um verdadeiro contador de histórias, e suas histórias preferidas sao as de fatos da infancia e de qdo ele era gerente de uma empresa e as festas de fim de ano que fazia. Eu mesmo me lembro de ter vivido algumas.
    Ah! Para eu ficar com mais gosto de lar, de boas recordaçoes, meu pai também é do tipo que nos acorda com o café da manha preparado.
    Delícia ler seu texto e ter todas essas boas lembranças.
    Um abraço bem apertado y
    Besitossss, por supuesto

    Quel

    ResponderExcluir
  4. Também segui o link e saboreei uma verdadeira ceia de natal literária!
    Beijos
    PS Deixei um cartão de Natal no meu blog. Ficaria feliz se o lesse.

    ResponderExcluir
  5. A trilha sugerida reserva nada mais nada menos que a surpresa. Bem vivas, benvenutas.
    Lê-se e apreende-se. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Que amigos...! Como dizem: "com amigos assim, não precisa de inimigos"!
    Mas é uma expressiva história para ser contada.
    Parabéns pelos detalhes, um talento que não pode ser ignorado em teus escritos.
    FELIZES FESTAS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá amigo Djabal, um belo presente de Natal!! Obrigada!
    Parabéns pelo seu "amigo secreto" (ainda bem que é secreto)[rs].
    Me impressiona como você sabe descrever,não só as pessoas, por dentro e por fora, mas também a paisagem e os costumes. Sem falar no seu estilo eclético que vai de um jogo de golfe a um churrasco ; do Mané codorna ao convidado francês comprador de diamante rosa de Argyle...e ainda com cartões corporativos para atingir o leitor de uma forma bem real[rs].
    E como personagen central esse tio pra lá de bizarro...( que peço desculpas, mas pergunto: ele não era seu tio, era?{rsrs}
    "Genial" sua história "im"possível!!
    Uma outra gargalhada,sem súvida![rs]
    Que venha logo o livro, escritor.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Com o frio, o ano encurtou e...não é que acabou??
    Não faz mal!! Vem aí outro fresquinho, fresquinho e com validade de 365 dias... Não é giro?
    Obrigada pela tua Amizade!
    Feliz Ano de 2010!
    Um beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  9. É bem melhor deixarmos uma boa marca à nossa passagem. A vida assim acontece. E permanece. Eterna. Viva a amizade!

    1 Bj*
    Luísa

    ResponderExcluir
  10. Que história bacana, que bom que compartilhaste com os teus leitores.
    Parabéns por ter tido um grande tio e sinta-se privilegiado por isto.
    Tenhas um ano de 2010 iluminado por Deus.

    ResponderExcluir
  11. Meu amigo querido

    Seu texto celebra um final de ano com a taça da leitura, como um vinho envelhecido´que dá o sabor na medida certa.
    um beijão

    ROse

    ResponderExcluir
  12. Olá, boa tarde.
    Sou professora, pesquisadora e contadora de histórias.Vivo de blog em blog angariando leitores e tentando divulgar o meu pelo simples fato de perpetuar a história de meu país - tenho medo que ela seja engolida por toda essa globalização.
    Se gostar de meu esdpaço e achar minha proposta coerente, por favor SIGA-ME nesta luta por um mundo melhor.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está convidando para conhecer uma lenda bastante contemporânea - a do pássaro-cabeça-de-vento.
    É só clicar no link http://www.silnunesprof.blogspot.com que você chega até lá rapidamente.
    Gostaria que tivesse um pouquinho mais de paciência comigo, estou com alguns probleminhas para resolver: preciso de um novo exame de vista e de um monitor novo, o meu está meio embaçado, já tentei regular, mas o problema está com ele mesmo, tenho de comprar outro. E agora não me encontro em condições disso - só eu sei o sacrifício que faço para postar as histórias.
    Se já passei por aqui, mil perdões. Como disse, a falta dos meus óculos e esse monitor com problemas não me deixam enxergar direito.
    Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
    A PAZ .
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir